quinta-feira, 1 de setembro de 2016

RESENHA: DESENCONTROS E DESENCANTOS - NATHALIA BATISTA.



Olá meus Cupocakes! Tudo bem com vocês? Bom, hoje eu trouxe a resenha do livro da linda parceira Nathalia Batista. Espero que gostem!


LIVRO: Desencontros e Desencantos.
AUTOR (A): Nathalia Batista.
PÁGINAS: 254.
EDITORA: Chiado Editora. 
SINOPSE: A Inglaterra, do inicio do século XIX, é palco de um romance repleto de paixão, dor, encontros, encantos, desencontros e desencantos.
O romance é composto por pessoas e com elas, tudo o que há de pior e de melhor no ser humano. São sentimentos explorados em uma cadencia lenta nas fases mais difíceis da vida de uma mulher.
Suzanne é uma doce e ingênua moça de dezessete anos, cercada e castigada pela maldosa Veronika, de quem era dama de companhia. A vida tem seu próprio jeito de ensinar aos ingênuos e proporciona um longo e árduo caminho à menina em meio a uma sociedade onde respeito e posição não raramente eram construídos com crueldade, inveja, mentiras, intrigas e vingança.”

Este livro conta a história da jovem Suzanne, uma adolescente que vive como dama de companhia de Veronika. Suzanne perdeu sua mãe ainda criança e não conheceu seu pai, e por um pedido de sua mãe no leito de morte foi acolhida pela Sra. Thompson, mãe de Veronika.

A jovem é alvo da inveja e desprezo da dama que acompanha. Sendo uma moça ingênua, apesar de todas as maldades que Veronika causa a ela, Suzanne vê bondade na dama e gosta dela. Porém, ela não imaginava que a moça que considera sua irmã, seria a causa de uma grande desgraça em sua vida: A separação de um grande amor.

O livro tem uma linguagem mais rebuscada, mas mesmo assim de fácil compreensão. Seus capítulos são divididos com números e nomes bem instigantes, e a capa é linda e chama muita atenção.

A obra me prendeu bastante, e apesar de alguns errinhos de continuidade e troca de nomes dos personagens, é uma história bem envolvente. Como dito acima, Suzanne era uma moça ingênua, e eu gostei de ver como amadureceu de corpo e espírito e se tornou uma mulher forte e decidida.

Um dos personagens que mais gostei foi o Duque Underwood, com todo o seu amor e gentileza para com Suzanne. A-D-O-R-E-I o sobrenome do Alexander por ser igual ao do Daniel Radcliffe (Harry Potter, sou super mega fã). Não vou mentir, eu gostei de ver a Veronika no seu estado final, foi mais do que bem feito!

Bom, eu amei o livro. Super indico para os amantes de romance de época, e para os não amantes também (variar no gênero é sempre bom)!

Deixo abaixo, para vocês, a minha seleção de trechos:

“Sentou-se lá e ficou olhando o pôr-do-sol, não haveria nada mais lindo do que aquele espetáculo crepuscular, apreciá-lo era como mergulhar na paz.”

“Não havia criatura mais bela na face da terra e nenhuma outra serviria para continuar sua família.”

“[...] Porém, agora a dor, ainda mais pungente e desalentadora, era como ferir-se por cima da antiga cicatriz.”

“A aceitação da verdade revela o grau de maturidade das pessoas.”

3 comentários:

  1. Gostei muito de sua resenha, fico imensamente feliz que tenha gostado.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado querida! ❤��

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir