segunda-feira, 3 de outubro de 2016

RESENHA: UM DIA - DAVID NICHOLLS.



Hey hey cupcakes! Hoje tem resenha? Tem! Do livro Um Dia. Aproveitem! *-*


LIVRO: Um Dia.
AUTOR (A): David Nicholls.
PÁGINAS: 319.
EDITORA: Intrínseca.
SINOPSE: Você pode passar a vida inteira sem perceber que aquilo que você procura est bem na sua frente.
15 de julho de 1988. Emma e Dexter se conhecem na noite da festa de formatura. Amanhã eles seguirão caminhos diferentes.
 Mas onde estarão nesse mesmo dia um ano depois? E nos anos que se seguirem?”

Não sei como começar a falar desse livro... Bem, vamos do comecinho...
Este livro conta a história da vida de um casal de amigos, Dex e Em, durante vinte anos. Os dois se conheceram na festa de formatura e passaram a noite juntos como “casal”, fazendo com que Emma se apaixonasse.

Contudo Dexter, que era um cara que adorava farra, só viu a possibilidade de ter uma pequena amizade. Essa amizade durou vinte anos, entre amor e briga, até que um dia algo aconteceu... E isso mudou tudo!

Comecei a ler esse livro pensando que seria só mais um romance bobinho e ele me destruiu. Sim, é um romance. Não, não é bobinho. É, na verdade, uma história muito real. Um casal de amigos, uma paixão e um acontecimento inesperado...

Em e Dex são personagens muito bem construídos, e eu me afeiçoei muito a eles desde o primeiro dia 15. Houve momentos, como as traições que ambos cometeram que me deixaram com muita raiva, assim como houve momentos que eu ri muito e outros que fiquei bem triste. Posso dizer que esse livro é um grande misto de emoções.

A diagramação do livro é ótima, com divisão em partes (que contém trechos de grandes nomes como Charles Dickens e Thomas Hardy) que por sua vez são divididos em capítulos com os vários dias 15. A capa também é maravilhosa, apesar de eu não gostar muito de livros com capas de filmes.

Eu nunca tinha lido nada do autor, e me surpreendi muito. Estou doida para ler os próximos e ser bombardeada com essas emoções deliciosamente conflitantes. Esse é um autor e um livro que dá aquelas ressacas literárias de meses! Mas uma ressaca muito boa.

Acho que vocês, cupcakes, perceberam o quanto eu adorei o livro e apesar de ter terminado já faz um tempinho, não consigo parar de pensar em Em e Dex, Dex e Em.

Super, hiper, mega indico! Mas, prepare-se psicologicamente antes!

Deixarei abaixo, para vocês, a minha seleção de trechos:

“-Que tipo de canalha rouba a cueca de alguém?”

“Mas na maior parte de tempo se sente como uma personagem de um romance de Muriel Sparks – independente aficionada por livros, inteligente e secretamente romântica.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário