sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

RESENHA: MINHAS PALAVRAS - RAQUEL MORELLI.






Bom dia meus cupcakes! Como estão? A resenha desta quinta-feira se encarrega de mostrar pra vocês o livro da minha parceira fofa, Raquel Morelli. Vem conferir!





LIVRO: Minhas Palavras.

AUTOR (A): Raquel Morelli.

PÁGINAS: 152.

EDITORA: AM2.

SINOPSE: “O livro ‘Minhas Palavras’ traz crônicas, relatos e poemas escritos por Raquel Morelli. Alguns foram publicados em blogs. Não é um livro autobiográfico, cada texto é fruto de observações de mundo e uso de um pouco de criatividade.”

 

O livro “Minhas Palavras” não tem tema definido e ao mesmo tempo aborda temas muito importantes. Ele nos traz textos e poemas de amor, de saudade, de tristeza, de ciúme, sonhos, de coisas loucas, de veneração e principalmente nos traz um pouquinho de Raquel, a autora.

No começo da obra, somos presenteados com a ‘primeira parte’ que traz somente relatos sobre a autora e coisas que ela presenciou, cartas e crônicas. Todos esses textos pareciam que estavam se escrevendo à minha frente, como se o próprio livro estivesse lendo os meus pensamentos e colocando-os no papel. Eu gostei bastante disso e me ajudou em alguns pontos do meu dia, obrigada!

Já na ‘segunda parte’ temos os poemas, que posso dizer que em sua maioria são de uma garota apaixonada. Uma garota que já passou de menina para mulher, porém guarda consigo certa jovialidade sonhadora.

No livro encontramos inúmeros em que Raquel mostra seu amor por seu ídolo Heath Ledger, que eu confesso só conhecia como ‘O’ Coringa do Batman. Contudo, após ler tanto sobre ele resolvi procurar mais e já tenho alguns filmes dele para conhecer.

Outra coisa que a autora nos dá de presente são algumas das músicas que fazem ou fizeram parte de sua vida. Pois é, estão todas anotadinhas para serem ouvidas! E claro, se a autora me permitir abrir um pouco da vida dela para vocês, trarei todas em um post.

Quanto à diagramação do livro, nem tenho o que falar. Interior tão lindo quanto a capa. E esse título? Mais condizente não existe.

As palavras da autora evocam sentimentos a muito esquecidos e mexem com os que estão à tona. Dizendo isso, acho que deixo claro que amei o livro! Recomendo!!!

Deixo abaixo, para vocês a minha seleção de trechos:

“Em uma noite fria e chuvosa, eu queria você como se  fosse um cobertor para me aquecer.”

“Isso, creio que seja a maturidade; todo mundo, um dia, passa por isso. Por mais difícil que seja, pois cada um encara de uma forma.”

“Eu sou uma pessoa frágil, sensível. Qualquer coisinha que aconteça eu já fico chateada, já fico incomodada, já dá aquele nó na garganta, no estomago e eu já fico com vontade de chorar.”

“A morte causa para quem fica essa dor, inevitável. Uma dor que não queremos sentir, mas não temos o controle.”

“Enquanto estiver cercado pelo amor, ele lhe dará confiança para fazer qualquer coisa.” – Heath Ledger. (Em memória.) 💘

Nenhum comentário:

Postar um comentário