segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

RESENHA: UM ANJO NA TERRA - LUANA BARROS.




Ooi cupcakes livreiros, como estão? Agora que estou de ferias teremos mais mais posts aqui lá no Instagram! E para comprovar isso, hoje trouxe resenha de um parceria muito fofa. Espero que gostem!




LIVRO: Um Anjo Na Terra.

AUTOR (A): Luana Barros.

PÁGINAS: 310.

EDITORA: Chiado Editora.

SINOPSE: “E quando um anjo é enviado à Terra para realizar um desejo de cada pessoa? Será que daria certo? O que elas pediriam? Será que ele atenderia na íntegra? Não o anjo Gabriel, questionador e sem muita paciência com o egoísmo dos homens, causará várias situações constrangedoras e engraçadas para salvar os seres humanos de si mesmos!
Um livro com histórias de pessoas como nós, que se enfurnam numa rotina enfadonha e esquecem de viver, sobrevivem a cada dia como se nunca fossem morrer, deixam seus sonhos para um amanhã que nunca chega... Mas uma hora acordamos ou um anjo nos acorda!”

 

 

“Um Anjo Na Terra” conta a história de Gabriel, um anjo que recebe como missão realizar um desejo de cada uma das pessoas da Terra, ou melhor, das pessoas que estão ao redor e se envolvem em sua missão original: fazer Ana Beatriz e Jorge ficarem juntos.


Contudo, o casal vive fazendo escolhas erradas e afundando suas vidas em uma rotina horrível que afeta não só eles, mas também sua filha Lívia e os outros que estão ao redor.


Além disso, temos o casal Carol e Bernardo, amores verdadeiros que estão sendo empacados pela teimosia de Jorge e Ana.  Será que apesar de tudo isso, o anjo mais encantador conseguirá realizar suas missões?


Na obra, histórias em paralelo - como a de Carol e Bernardo, Márcio e Sofia, Thiago e Camila, Marcelo e Maria Rita, Carol e Júlio, entre outros – acontecem, todas auxiliadas pelo anjo, deixando a trama mais envolvente.


Os trinta e um capítulos são interligados principalmente entre os casais AnaJorge e CarolBernardo, o que faz com a leitura seja bem fluida, curiosa e engraçada. Os personagens têm uma construção e desenvolvimento leves, apesar de, a todo o momento, estarem nos dando lições valiosas.


Falo isso, pois lendo o livro tive a percepção de que muitas vezes em nossa vida não damos o valor exato às coisas que temos conosco. Muitas vezes, preferimos estar felizes e bem perante a sociedade esquecendo que é como nos sentimos interiormente e como realmente está a nossa vida que importa. Esquecemos que não importa ter todo o dinheiro do mundo, não importa ser convidado para as mais baladas festas, não importa ter o nome conhecido ou até mesmo ter milhões de seguidores em redes sociais se você mesmo não se sente bem com a sua presença.


Refletindo agora sobre o livro, vejo que apesar de ser apenas uma ficção, um romance leve e engraçado, as palavras escritas podem mudar o estilo de vida rotineiro de uma pessoa fadada a viver fingindo para os outros e para si mesmo.


Falando agora da diagramação do livro, posso dizer que surpreende. Tanto capa, quanto título são lindos e descontraídos. A divisão dos capítulos é numerada e eu não acrescentaria nada.


Enfim, eu adorei ter tido a oportunidade de ler esse livro amorzinho e espero que todos vocês também possam. Recomendo muito!


Deixo abaixo, para vocês, a minha seleção de trechos:


“– Continue lendo... A minha esperança é que você entenda que amor é para sentir e não julgar.”


“A recompensa por ser amigo verdadeiro é esta: ter o melhor das pessoas expresso em amizade, em carinho, em palavras, em olhares cúmplices, em silêncios agradáveis... Da forma que melhor couber, que um grande amigo sempre sabe.”


“O amor quando é vivido de forma plena jamais sai dos corações das pessoas que ficam e das que vão...”


“Infelizmente, às vezes é preciso deixar a situação chegar ao extremo para que as pessoas aceitem a nossa intromissão.”



“– A consciência do que se perdeu por alimentar o medo ao invés do amor é um bálsamo que no início nos leva a achar que enlouqueceremos, mas ao ser bem analisada é um trampolim para não deixar que mais nada disso aconteça. Tenho certeza de que você não quer perder um dia mais longe das pessoas que ama.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário