quarta-feira, 3 de maio de 2017

RESENHA: TERRA AMALDIÇOADA - DOUGLAS LOBO.



Hoje trouxe uma resenha do terror para vocês! Mitos, mistérios, suspense... Espero que gostem!




LIVRO: Terra Amaldiçoada.
AUTOR (A): Douglas Lobo.
PÁGINAS: 143.
EDITORA: Produção Independente.
SINOPSE: Demitido de seu emprego em São Paulo, Fabrício Machado retorna a sua terra natal, no interior do Piauí. Ali, espera reavaliar sua vida para decidir o rumo a seguir. Logo porém ele descobre que o ambiente rural arcaico onde cresceu está em extinção. O progresso chegou, ameaçando sua fazenda, sua família e todo um modo de vida. Quando uma série de assassinatos começa a ocorrer, Fabrício desconfia que uma presença maligna assombra sua terra. Uma força aterrorizante que não cessará de matar até que se vingue do mundo que a criou.


“Terra Amaldiçoada” conta a estória de Fabrício. Um jovem que perdeu seu aclamado emprego em São Paulo e teve de voltar para sua cidade natal, que era um típico e atrasado sertão.


Não bastasse estar desempregado, ele descobre que sua mãe está com um sério problema de saúde. Contudo, há algo mais na cidade que atormenta Fabricio: um mal que, acredita ele, está por trás de vários assassinatos de fazendeiros amigos do seu já falecido pai. Terá Fabrício algo a ver com esse mal? E que mal seria esse? Afinal, toda aquela terra está amaldiçoada...


Douglas (o autor) foi um dos meus primeiros parceiros, mas só foi possível o envio do livro e leitura agora. Toda aquela ansiedade foi sendo consumida a cada novo capítulo e suprida com informações que se tratam de um mito antigo, mas contado de uma forma completamente diferente.


A escrita é bem influente no que diz respeito à região, sendo que a estória se passa no interior do Piauí. Além de que é super envolvente, tragando nós, leitores, para dentro da obra maravilhosamente.


O ponto alto do livro, é que vamos descobrindo os fatos junto com o personagem principal. Mesmo que os capítulos sejam intercalados entre ele e os acontecimentos, só temos a visão certeira com Fabrício.


A diagramação me agradou bastante. As letras mais miúdas, os capítulos curtos e cheios de significados – sendo separados com algarismos romanos – e com detalhes incríveis, além da capa, dão certo ar de mistério que adoro.


Amei demais esse livro! Super indico para os amantes de mistério, suspense, mitos... Já quero nova obra do autor!


Deixo abaixo, para vocês, a seleção de trechos:



“O passado é como uma sombra, Fabrício. Sempre nos acompanha. Não há como se livrar dele.”


Ps: Em espanhol o livro se chama Tierra Maldita!

Nenhum comentário:

Postar um comentário