quinta-feira, 29 de junho de 2017

RESENHA: DE REPENTE APAIXONADO (DESCOBRINDO) - MANU TORRES.



Cupcakes lindos, como estão? Hoje trouxe uma resenha sensual para vocês. Confere!



LIVRO: De Repente Apaixonado (Descobrindo).
AUTOR (A): Manu Torres.                        
PÁGINAS: 312.
EDITORA: Produção Independente.
SINOPSE: O que você faria se o inesperado acontecesse?
Alice Marie Ventura Schneider é a nova fisioterapeuta da Clínica Estevão Alencar. Uma mulher belíssima, determinada e totalmente desastrada. Filha de um relacionamento extraconjugal. Ela não aceita ser dependente de homem algum. Tudo o que ela mais queria era se dedicar à sua profissão, curtir a vida e se divertir com seus amigos. Em uma noite de balada, Alice se encanta por um loiro convencido, porém muito apetitoso. Mas o que ela não esperava, era que ele seria um sedutor médico e com fama de cafajeste. Aquele tipo que tinha decidido manter distância.
Igor Salazar é um jovem ginecologista responsável e dedicado ao seu trabalho. É extrovertido e extremamente fiel aos amigos. Um homem irresistível e sensual, armas que usa ao seu favor quando o assunto é conquistar uma mulher. Mulherengo convicto, causador de vários corações partidos, foge de um relacionamento sério como o diabo foge da cruz. Tudo o que ele menos queria era se prender a alguém. Em uma noitada Igor conhece uma loira sexy e selvagem que desaparece sem nem lhe falar o nome. O que para ele parecia ser apenas mais uma noite de sexo fácil, acabou se tornando a descoberta de um novo sentimento.
O que eles não contavam era que este encontro ao acaso poderia mudar suas vidas.
Está pronta para ser levada do céu ao inferno?
Às vezes o amor pode chegar quando menos se espera...”



“De Repente Apaixonado” é o segundo volume da série descobrindo, na qual o primeiro é Me Descobrindo Mulher (resenha). Na primeira obra um personagem – Igor - ganhou destaque e por isso é um dos personagens principais desse segundo.


Igor Salazar é um garanhão, o típico homem que ‘não se apaixona’. Alice Schneider é linda e não quer depender de homem nenhum, mas busca algo sério e não só mais uma noite.  Mas, o amor tem manias estranhas e acabou por juntar Igor e Alice em uma boate.  


Estando os dois na mesma festa por motivos completamente diferentes, eles se encontram e tem uma noite inesquecível, ali mesmo na boate. Para evitar constrangimentos e percebendo o tipo de Igor, Alice sai de lá praticamente fugida.


Contudo, o que ambos não esperam é que irão dividir o mesmo local de trabalho, a Clínica Estevão Alencar. Esse fato somado ao desejo que sentem torna impossível ficar longe um do outro. Será Alice a mulher que arrebatará o coração de Igor? E os percalços pelos quais passarão, servirão para separar o casal? Só lendo para descobrir!


Manu (autora) trouxe com essa obra uma suspeita: será que a Clínica Estevão Alencar é amorosamente mágica? Sendo ela palco de relações tão sensualmente arrebatadoras como de Isa e Leo (primeiro livro) e agora de Igor e Alice, eu não duvido nada!


Mesmo que “De Repente Apaixonado” seja a continuação de uma série, não é dependente do primeiro livro. Claro, muitos dos personagens citados no primeiro reaparecem aqui – matei a saudade -, mas novos também surgem e são histórias um tanto diferentes. Se você, leitor (a), não é muito fã de séries, sagas ou trilogia e por isso ainda não conhece Descobrindo, esquece! Pode vir que as histórias são demais.


Recebi em parceria o e-book do livro (ainda não possui mídia física) e assim como o primeiro que é em papel tem uma diagramação lindíssima. Vem com capítulos numerados e nomeados além de pequenos detalhes muito fofos.  Não encontrei erro algum durante a leitura, o que é ótimo.


Bem, a leitura é sensacional e já quero muito o próximo volume. Espero que seja sobre um dos novos personagens, quero conhecê-los melhor! Recomendo!


Deixo abaixo, para vocês, a minha seleção de trechos:


“O amor chegaria para ela. Chega para todos, afinal. Chegaria para mim também. Eu só pedia a Deus que fossemos correspondidas. E não machucadas pelo caminho quando realmente encontrássemos o amor verdadeiro.”


“A vida às vezes nos dá uma rasteira para mostrar que não somos invencíveis. E, quando isso acontece, mexe direto no seu alicerce, no seu ponto fraco, fragilizando a sua base completamente.”



“— Por mais que as pessoas que amamos nos magoem, sempre tendemos a perdoar. Faz parte da vida.”

Um comentário:

  1. Obrigada Carol!!
    Pelo carinho e parceria. Adorei a resenha!
    Beijos no coração.

    ResponderExcluir