quinta-feira, 22 de junho de 2017

RESENHA: JULIETA SE SENTIA ESTRANHA - SARAH TRENTINI.



Boooa noite pessoal! Hoje eu trouxe resenha de um livro infanto-juvenil em parceria com a mais nova parceira Arte Editora! 





LIVRO: Julieta Se Sentia Estranha.
AUTOR (A): Sarah Trentini.
EDITORA: Arte.
PÁGINAS: 20.
SINOPSE: “... uma vez menina,
‘E quando as meninas se juntavam , logo as reclamações começavam: Eu queria ter pernas mais curtas, falava Julieta. E eu a pele mais lisa como de uma modelo de revista, falava outra. Queria ter seios menores. E eu maiores – debatiam duas delas. E eu queria ter o corpo da Angelina, a atriz.’
... outra vez mulher.
‘E assim  Julieta deixou a meninice para trás e na vida adulta ingressou, e o tempo passou e dos Romeus ela se cansou. Agora o que queria era um amor que por ela vivesse e não morresse (...).’”


“Julieta Se Sentia Estranha” é um livro um tanto infantil, melhor, um conto de Sarah Trentini que trata do inicio da puberdade. Nele a personagem principal, que se revela todas as jovens do mundo, é Julieta.


No auge de seus treze anos, com o corpo e mente inteiros em mudança, a jovem pré-adolescente fica extremamente confusa e abalada com as necessidades de uma jovem mulher. Contudo, Julieta cresce e desaborrece, se tornando uma linda mulher...


Esse conto muito curto merece uma atenção toda especial. Todos nós já passamos por esses percalços da juventude e quem ainda não passou vai passar.


Cheio de ilustrações – feitas por Camila Farah – o livreto é bastante interativo e é perfeito para todas as mães que não tem técnica em falar de assuntos assim com os filhos (sim, porque mesmo que o livro fale sobre as Julietas, os Romeus também sofrem nessa passagem!), e para as pré-adolescentes que estão passando por isso.


Eu tenho 17 anos e a minha criança interior já ficou um tanto para trás, mas assim como a Arte Editora (a mais nova parceira do blog, e que cedeu esse exemplar) disse quando enviou-me o livro essa leitura me deixou mais perto da ‘criança que ainda vive no espaço mais quentinho do coração’. Adorei!


Aqui uma opinião de minha irmã de 12 anos sobre o livro: “Eu achei muito interessante, pois a menina que era toda desengonçada,  deu a volta por cima e virou um mulherão, se casou e teve uma filha que passou pelas mesmas coisas que Julieta passou na pré-aborrecencia.”


Deixo abaixo, para vocês, a minha seleção de trechos:


“[...] Um dia um amigo ela encontrou e noivo dela ele se tornou, e amizade e amor Julieta descobriu que caminham juntos, assim o amigo amante se tornou.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário