quinta-feira, 10 de agosto de 2017

RESENHA: ESCARLATE (NOVA ERA) - VITÓRIA VALE LUSSARI.




É pessoal, chegamos ao fim de uma trilogia! Todos resenhados e espero que essa aguce ainda mais a curiosidade de vocês!







LIVRO: Escarlate (Nova Era).
AUTOR (A): Vitória Vale Lussari.
PÁGINAS: 446.
EDITORA: Produção Independente (Disponível no Wattpad).
SINOPSE: "Trechos do diário de Sabrina Cameron...

[...] Será que alguém está vendo o que está acontecendo? Será que sabem o quanto estamos sendo jogados no inferno? Parece que tudo está prestes a se quebrar.

[...] Exatamente o que aconteceu e porque tive que fazer tudo o que fiz, talvez nunca descubram. [...] Preciso protegê-los. [...] Sei que Trainem planeja muito mais do que simplesmente interromper um romance.

[...] Na verdade...

Quero ser egoísta.

Quero não ligar para o mundo.

[...] Mas não posso. Porque, no fundo, sei bem que as coisas estão prestes a explodir. E o vermelho mais escarlate está prestes a tingir nossas paredes. E marcar nossas vidas para sempre."

A caminhada de Sabrina está quase no fim. Mais um inimigo a derrotar, só mais alguns desafios a superar. Em um caminho estranho com um homem totalmente diferente ao seu lado, conseguirá seguir em frente?

Para acabarem de uma vez com Trainem, ela e três de seus mais queridos aliados se unem e vão à luta. Um campo de batalha real e sangrento está prestes a ser o palco que receberá essas personagens buscando não só um fim, mas uma resolução para si mesmos. E uma Nova Era.”


Leia aqui a resenha do livro anterior para não receber spoilers.

Em “Escarlate” somos apresentados às batalhas finais de Sabrina e Amanda Cameron. Às lutas de Agaria Cameron e Allen Marcaunt. Aos mistérios que antes se escondiam.



Sendo descortinado pela presença cada vez mais marcante de Allen, tudo começa a fazer sentido quando Sabrina descobre o porquê de ser uma maga poderosa, o porquê Trainem a quer fora de seu caminho e mais, o porquê de ter nascido.



Uma longa jornada é travada e absolutamente todos tem de se preparar para as mãos maleáveis do destino que mudam com um piscar de olhos de Sabrina... Pois ela, ela é a que trará uma Nova Era. Mesmo que para isso tenha de passar por um rio escarlate como seu próprio sangue de sofrimento. Mas, ela será capaz disso?



Com a escrita bem mais desenvolvida que nos dois primeiros livros da trilogia, nesse Vitória (autora) nos permite desvendar tudo o que antes era o pequeno inicio de um castelo de cartas e chegar ao fim da obra com ele completo e lágrimas nos olhos.



Para mim, esse volume de arrematação trouxe emoções que foram descritas de uma forma tão forte e bela que, enquanto lia, me sentia na pele e espirito das personagens. Com certeza um dos ápices do livro foram esses momentos.


Depois de incontáveis capítulos e equívocos, conseguimos finalmente entender como tudo sempre esteve emaranhado desde até mesmo antes das irmãs Cameron nascerem até chegarem a esse final. E que final!



Não deixando de ser uma ficção que vai te levar para um mundo totalmente novo, o livro (e toda a trilogia) ensina valores incontáveis como o quão poderoso laços de amor e amizade podem ser na vida de alguém.



Singelo, forte e enigmático, Escarlate vai conseguir te mostrar a magia que você guarda dentro de si. Deixe-a fluir.



Recomendo!



Deixo abaixo, para vocês, a minha seleção de trechos:



“-Sabemos que é guerra quando os velhos passam a enterrar os novos...”



“Este pedaço de papel já está amassado e manchado de terra, mas agora entendo porque Sabrina prefere confiar em uma folha a alguém. A folha não julga. A tinta não pergunta. As palavras não se irritam. Elas só nos encaram de volta. Com paciência, esperando que entendamos nós mesmos, quando relermos tudo o que foi despejado.”



“Sentia-se livre em estar preso àquela mulher linda e maravilhosa. E era o bastante. Ter aquilo era mais do que suficiente para sua vida continuar feliz.”





“Foram irmãos. Não de sangue, não. Mas por escolha. E Sabrina sabia o peso de um amor escolhido.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário